Cânone

Elisa Dias- Eu anseio pela hora de descarregar na força dos músculos dos seus braços a minha exaustão da vida, o peso da saudades, prender minha fragilidade entre suas pernas, a ponto de sentir o sangue passeando por suas veias e artérias. Quero dançar em 6 por 8 nas batidas dos seu coração quando pressionadoContinuar lendo “Cânone”

A verdade estampada na cara

Elisa Dias – Hoje eu acordei sufocada de meus próprios desejos que foram abafados como choro de amor por um travesseiro. Hoje eu me deparei com meu rosto no espelho, acabado e marcado com os sonhos que a vida me fez sonhar e deixar pra outra hora! Vendo a feiura envelhecer na face desse restoContinuar lendo “A verdade estampada na cara”