Mininu

Thata Alves – – Po, pó, pó, pó! – Não, menino, não, de policia e ladrão não! – Haaa, manheê!  Droga (isso; diz baixinho). Menino não entende cuidados meus. Como é que vai entender? Sete anos só, e eu quinhentos de atraso. Menino não sabe que agora brinca, mas que logo a frente tá naContinuar lendo “Mininu”