Mulinha

Carolina Tomoi – Eu sempre digo pra ela, eu não sei escrever. Mas ela insiste. Ela é insistente… docemente insistente. E quem pode dizer não a ela?! Daí ela pediu uma leitura, eu fiz, foi fácil! Pra ela, é claro! Porque pra mim… ferrugens… seculares. Agora vem com essa. Escreve aí, como se fosse fácil,Continuar lendo “Mulinha”