Maioridade Materna

Carolina Tomoi – Às de colo vazio, latente Aos que perderam o colo. Creio num momento no corpo da mulher que uma voz tão intensa fala tão alto uníssono a cada célula de seu corpo que é difícil resistir. A maioria não resiste. Algumas nem tomam ciência que seja possível desistir, deixam o corpo asContinuar lendo “Maioridade Materna”

No vagão

Arlete Mendes- Estou em meio à multidão. Tenho os olhos fixos nas faces. Sempre ocultadas. Ninguém exibe a própria face. Máscaras por cima de máscaras. Que mistérios guardam dentro de si? O que temem revelar? De vez em quando ouço o que dizem. Falam sobre o personagem da novela, reality show, sobre o time deContinuar lendo “No vagão”

As dores não são imaginárias

Ana Karina Manson As amigas de escola da minha caçula se tornaram “amigas imaginárias”. Ao longo do dia a pequena brinca e conversa com elas como se estivessem ao seu lado. Saudades dos dias de escola. São tempos de pandemia; amigos imaginários, amores imaginários, abraços imaginários. Queria escrever sobre o poder de nossa imaginação emContinuar lendo “As dores não são imaginárias”