Na máscara

Carolina Tomoi – para Gis – Laine, cujo traço marca toda terra da imaginação vejo olhos, testa, cabelos.  Vejo meias faces pela metade,  face meia.  ver faces assim, partidas. não. vejo as meias faces  olho faces inteiras.  Por trás da retina  fase completa  do banco de itens movo  e monto caras completadas face feita ocultaContinuar lendo “Na máscara”

A menina que lê

por Ana Karina Manson “Todo dia ele faz tudo sempre igual”: sobe a Estrada do Campo Limpo com seu livro nas mãos sem tirar os olhos das palavras que balançam no ritmo do seu caminhar. “Todo dia ela faz tudo sempre igual”: desce a Estrada do Campo Limpo ansiosa em vê-lo mais ainda, em verContinuar lendo “A menina que lê”