Longe de nós todos os Adões

Jesuana Sampaio Deusa fecunda que se estupra, não aqui. Roubo da alma feminina, não aqui. Grande útero renegado, não aqui. Símbolos da humanidade que se perpetuam, jornadas, acessos, oroboros, ouroboros, uróboros, devora a si, morde ad infinitum, alquimia cíclica que cria universos, árvores proibidas de Lilith’s insubmissas. longe de nós todos os Adões choramingando pequenosContinuar lendo “Longe de nós todos os Adões”