Ofício

Carolina Tomoi- Há tempos tenho pensado em escrever sobre meu ofício. Um assunto engasgado, travado. Um receio de cair num mar de lamentação ou num muro de ostentação. Pensando em definir-me pensei que talvez pudesse definir meu ofício: a parte de mim que escolhi trocar diariamente por sobrevivência. Deve-se ter cuidado! porque quando se fazContinuar lendo “Ofício”

Revolussangue

Arlete Mendes- Haverá um dia em que…  a palavra ressoada em grifos de caixa alta, o olhar arregalado diante da imagem insólita, e a mão perplexa sobre a boca entreaberta Não bastarão! Haverá um dia em que … o palavrão cerrado entre os dentes, a repugnância impelindo a náusea, o ácido carcomedor das entranhas NãoContinuar lendo “Revolussangue”