O inferno das mulheres são os homens

Por Jesuana Sampaio

@antra.oficial

Tem dias que nem escrever alivia o peso do mundo.

Não há palavra que caiba o absurdo.

Não há verso que elabore a violência,

o medo dos homens,

a dor de atitudes preconceituosas, transfóbicas, homofóbicas,

a agressão contra mulheres.

É como se fosse a miséria da palavra,

o vazio incapacitado transbordante.

Tem dias que eu tenho fobia do macho,

do escroto,

e de tudo que o ser másculo representa.

É tão grandioso ser quem somos,

sermos mulheres,

nutrir novos seres no ventre

que muitas vezes o que há no ser masculino é só também miséria.

Tem dias que eu tenho medo dos homens.

Das mãos dos homens.

Da covardia dos homens.

Do potencial assassino que mora nos homens.

Das armas disparantes dos homens,

Dos ódios que cegam os homens.

Tem dias que tudo que eu tenho é ódio dos homens.

E que não há piedade em mim.

Nesses dias, nem escrever alivia o peso do mundo.

O inferno das mulheres são os homens.

Dedicado a minha irmã Ayra Prado.

#transfobiaécrime

3 comentários em “O inferno das mulheres são os homens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: