Seus olhos

Encuentro – Remedios Varo

por Ana Karina Manson

Seus olhos ainda me veem mesmo de longe,
Trocamos olhares pelas telas estáticas
E seus olhos me passeiam,
Como antes,
Pelo meu corpo enluarado
Pelas minhas curvas em que deslizou suas mãos,
Tantas vezes,
Únicas.
Seus olhos ainda me invadem
Como se pudesse descobrir o meu segredo
Que ainda nem conheço.
Seus olhos me tomam
“ressaca do mar”
E eu, que nem sei nadar,
Só continuo a me jogar
Em sua enchente.
Seus olhos espelham,
Sem saber,
O que nem sou,
O que fui,
O que seria num mundo nosso
Regado a vinhos e flores.
Seus olhos me lançam
O sabor, o cheiro, o respirar, o suspirar
Do para sempre.
Seus olhos abertos
Abrem-me ainda,
Sempre
E meu sentimento já não é contido…
Você é meu segredo.

Ouça nossa voz.

Um comentário em “Seus olhos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: