Passo mal, mas estou bem

Badvibestattoo

Juliana da Paz

Até que dia ainda doer será a regra?
Dia após dia me encolho dentro da máscara,
Da casa,
Da fome alheia.
Não tenho conseguido gritar
Nem a felicidade
De parir pureza e raça, Não combina com o cenário.
É mais incongruente
Que borboletas no aquário.
Me culpo por saber
Que estou no lamaçal tóxico
E não me sujei ainda. Cadê as forças, cadê? Cadê a união que viu pra bater panelas, cadê?
Pra botar os vermes e vírus pra fora,
Não vejo coragem de verdade,
Nem em mim,
Nem em você!

2 comentários em “Passo mal, mas estou bem

  1. Isoladas somos fracas… Não há batalha sem ombro a ombro… Estamos desamparadas… Só ligadas em pensamentos e sonhos. Precisamos despertar juntas!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: