Romeu e Juliana

 releitura da obra “O beijo” de Klimt, por artista Angela Oskar

É um pé que remexe

É um lábio que desce

Um disparar que não para

E a saudade se cala

Ele me convenceu

Me ajudou a morrer

Ele quis ser meu Romeu

Também morreu de sofrer

De uma saudade que é muda

E me faz sofrer

De uma pessoa miúda

Que me faz crescer

Sobrevivente não rio

Mãos inda quentes, pés frios

E num novo florescer

O sopro pra reviver

Um comentário em “Romeu e Juliana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: