Parir do verbo

Apolo e as nove musas (1514/1523), de Baldassare Peruzzi

“Cai a lua, caem as plêiades e
É meia-noite, o tempo passa e
Eu só, aqui deitada, desejante.”

Safo

por Celane Tomaz

Procuro
A palavra carregada e a precipitação dos meus ruídos.
O pensamento se condensa na extensão de impalpáveis burburinhos.
Uma alma de poeta inquieta, uma alma inquieta de poeta!

O corpo se contorce com o pulsar dos versos-açoites. Transborda a bebida de suor e lástima, submergindo a carne-poesia.
A ânsia de elevar a língua às bocas e traduzir o sussurro da musa-palavra. Deslizar as mãos e a pena sobre a sua insinuação e nudez.

É noite
Desde o despencar do véu, até o rasgar do dia. O silêncio do breu grita enxame de palavras. E nada!
Fiapos de escuro me encobrem o rosto. Estilhaços de estrelas atingem meus olhos. Persigo retalhos de lastro de luz invisível.

Deito-me sobre o lençol de palavras feito de amarrados-retalhos de olhar atento e de alguns remendos de vida. Ponho-me a tecer, escrever.
No olhos, na pausa da escondida lágrima, a ânsia de borrar o papel e a íris de chama-silêncio que arde inquieta para ser e se alastrar.

Entre os dentes, range a dor do parir do verbo. Sinto as entranhas partidas e a carne desossada nessa dilatação desritmada entre as contrações de escrever.
O meu limite atravessa o céu.
No vago espaço, o silêncio potente e o compasso sem ritmo dominam meus passos que flutuam.

Versar meus vícios, enquanto verso os vãos do mundo. Viver nas palavras o que é vil e imprimir minhas vísceras.
E os verbos só v a g a m.

E tu, Poesia,
Tudo vislumbra
Na madrugada que consola a minha agonia, ouve o meu apelo à Musa e sopra aos meus ouvidos o vento do verbo e do tempo.

10 comentários em “Parir do verbo

  1. Celane, que poema incrível! Você consegue captar de forma belíssima tantos sentimentos que nos atravessam na tentativa de escrever e não conseguir, a angústia habitada antes do parir verbos, parir poemas. Incrível!!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: