Presente do tempo

Pé de araçá brotando – 2020

por Ana Karina Manson

Faz-me companhia aquele que nem conheço, aquele que está longe e só ouço a voz.

Nesses dias de relações restritas me ajuda a respirar aquele que está distante e de alguma forma toca minha mão. Sinto seus dedos se distanciarem.

A cada passo só ouço o som dos meus sapatos, mas sei que em algum lugar outro caminha ao mesmo tempo que eu. Estamos caminhando “juntos”. Ainda nos encontraremos.

Agradeço a quem não me deixou só, a quem soprou um beijo e o vento me trouxe.

Agradeço a esperança traduzida em broto no pé de araçá. A vida existe.

Consigo respirar quando águo as plantas e bebo da sua natureza fiel, produtiva e renovada. Renovo-me no seu florescer.

A natureza é minha companhia, que me olha com cuidado, me acarinha e me sorri. É dela que surge a leveza que busco há anos; é nela que encontro um ritmo calmo no viver. É ela que me ensina o respeito ao tempo como quem gesta e espera o momento do filho nascer.

A leveza é esperar o tempo caminhar em seu ritmo. Eu espero, eu esperanço.

6 comentários em “Presente do tempo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: