ASSENTO

– Juliana da Paz

… Teu acento, teu passo lento

Andam por aqui

Em meus sonhos

Vem nesse momento

Que guardo teu assento

Em minha sala

Ele é só teu

Tú que acentuas

A curva da minha cintura

Que é só tua

Acentua gravemente

Meu prazer

Oh! Meu rei de copas

Vem, com tuas mãos vertiginosas

Apalpa minhas pernas

Traz a coragem

De ir com elas

Pela tua mente

Que me entende

Passeio nela e

E te deixo sem graça

Exatamente

Onde minhas pernas passam, passeiam…

Da mesma maneira

Que teus lábios anseiam

Meus seios

Em escandalosos encontros

Com tua boca seca

De onde sai tua voz roca

Molhando todas as entranhas

E as cavidades

Até então estranhas

A você

Me queira porque te quero

Me queira porque venero

Cada segundo

Que estivemos juntos

E nesse momento

Meu amor tem um acento

Agudo!…

5 comentários em “ASSENTO

Deixe uma resposta para arlete mendes Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: