Horas Contadas

Foto : Beth Wallpar

Elisa Dias-

-Ah, não fique triste amor, quando um dia de malas prontas me vir sumindo e ficando cada vez menor em direção do sol. De alguma forma a gente chega e por outros meios a gente parte, ainda que na aurora do dia correndo na rosa do tempo, mas levo em minha bagagem dias infinitos em horas contadas, meu relógio parou e dei conta que era a chegada da minha embarcação, não quis despedidas, nesta terra dei bons frutos, partir ainda com esperança  e fé, o Tempo é Senhor de todas as coisas e eu tenho que partir, no porvir eu encontrarei tudo que a vida tirou de mim: meu grande amor, os sonhos que nunca passaram de sonhos, a juventude.

-As Asas que me emprestou, não me sustentam no céu, e as histórias que você contou, com o tempo destroçaram, diluíram. São grãos de poeira galopando contra o vento,  caem nos olhos, esses grãos são meus álibis que deixam meus olhos cheio d’água, eu finjo que não é choro, finjo que não vejo diminuir na linha do horizonte, até finjo acreditar em suas histórias, ainda canto velhas cantigas e rezo o terço que me ensinou.

E sinto em lhe dizer que se foi com tanta pressa, que acho que em sua bagagem levou um pouco da minha fé, por engano, pode ficar com ela lhe trará sorte, mas a esperança, deixa-a para mim, e ficarei aqui em dias contados olhando na direção do Sol e um dia também irão me ver diminuindo.

– Você é tão linda, o céu é tão azul!

-Olhe, como eu cresci, a saudade sorrateira às vezes canta com sua voz, reza uma Ave Maria comigo antes de dormir, e todas as flores do jardim têm seu cheiro que me remetem à bondade.

-Nossa relação ainda continua, eu tenho te escrito longas cartas em pensamentos, te  espiono pelas frestas das janelas com raios de sol pela manhã, trouxe sua fé na mala  e ela é boa, às vezes a pele arrepia num sussurro sinuoso que desce pelo seu corpo, é o sopro da vida que te revigora, eu ainda velo por você. Ah, amor, não fique triste, lave a poeira dos teus olhos embaçados com minha partida, a vida é perecível, sorria para a tristeza dos dias e tenha dias infinitos em horas contadas. Eu te espero na linha do horizonte…

3 comentários em “Horas Contadas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: