Correnteza

Carlos Anthonio Francisco

A minha primeira paixão

Ah! A minha primeira paixão

 Ela veio de macinho

Como quem chega de viajem

Pra não fazer alarde

E nem causar desconforto

Eu estava completamente desarmada

E nem percebia

Que ele se agregava a mim

E eu me agarrava a ele

E foi bem como eu imaginava

Ele me deixando

Eu sofrendo

O mundo se abrindo

E aquilo em mim

Doendo! Doendo! Doendo!

 Eu tinha medo que mundo inteiro

Visse a minha solidão

 Então eu vesti-me Inteira de ti

 Ah, e você dentro de mim

Foi crescendo! Crescendo! Crescendo

 Que um dia transbordou

Pelo meu olhar

 E como um rio

Foi de encontro ao mar

E por este mesmo rio

Meu novo Amor

Ei de chegar !






	

2 comentários em “Correnteza

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: