Cordiforme

Jesuana Sampaio

Antes que mares revoltos me roubem a paz,

eu quero navegar em teus beijos

e brotar na tua boca um desejo de sempre.

Talvez, assim, desejante de teus cheiros,

eu, enfim, não fuja da entrega.

Antes que o medo me paralise,

eu quero arrepiar tua pele

e alimentar de suspiros duradouros teus ouvidos.

Talvez, assim, ladra de teus gemidos,

eu, enfim, não desista de sentir.

Antes que acordem os passarinhos,

eu quero despertar na tua morada

e tecer no teu colo um ninho cheinho de auroras.

Talvez, assim, adormecida na estadia dos teus braços,

eu, enfim, não desvie do encontro.

Antes que proíbam os afetos,

eu quero me abrigar no teu peito

e crer num mundo inteiro em diversidade.

Talvez, assim, extasiada nas profundezas de teus olhos,

eu, enfim, não tema o amor.

4 comentários em “Cordiforme

  1. Antes do fim dos afetos.
    Um precipício de acordes desarmônicos diante do espanto.
    O início.
    O meio.
    E o contínuo.
    Diante do instante insignificante de despirmos despudoramente nossas máscaras tão necessárias.
    Os bonecos sem títeres.
    Como inventores de si mesmos.
    Deuses inventores de nós.
    Sem precisar de pedidos.
    Sem implorar sua criação.
    Sem ter q agradecer.
    Sem q nos deixem perdidos
    Procurando explicações.
    O inconformismo é q movimenta
    As transferências de vidas.
    Se acharmos o elixir da resignação
    Nunca mais poderemos lutar pela transformação da vida
    Em algo pleno de amor.
    A luta é pelo amor.
    Quem ainda fala de amor num tempo invadido pela dor?
    A dor deságua no transbordante
    Inalcançável?
    É lá que depois?

    Curtido por 1 pessoa

    1. Poetas falam de amor mesmo em tempos invadidos pela dor e falam da dor mesmo em tempos invadidos pelo amor. Mora na poesia os agoras e também os depois. Falo de amor pra espantar o medo (meu e coletivo), pra espantar a dor (minha e coletiva). Gratidão!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: