A tristeza que urge

Foto: Jesuana Sampaio

Jesuana Sampaio –

Tem dias que a tristeza ganha nome, sobrenome e paradeiro. Eu estava triste. Queria um abraço de mainha ou ouvir ecoar seu sorriso. Queria pedir perdão por ter caído no conto do vigário de sonhar ser artista na cidade armada de concreto que dispara léguas e penas de morte.


“O concreto urge”, me disseram. Tanto se tem urgido nestes tempos densos em que meu quintal virou meu mundo. Eu penso em quantos quilômetros interditam os abraços e em uma distância tão dura que grita risco de morte aos desobedientes.
Só mais um poema amoroso queria eu deixar para quem ando encantada, mas as dores, as fomes, as mortes, os boletos em atrasos infinitos tem urgido em disparada. A tristeza, esta que me visita de vez em quando, não é cativa. Aprendi a deixá-la entrar vez ou outra, mas me canso dela horas depois de sua chegada.
Não te rendas, não te rendas! Lembrei Benedetti. Verdade é, eu nunca me rendi. Lutar pela vida nem é novidade de onde eu venho. E se dou brecha é só porque dentro de nós há dias em que a tristeza ganha nome, sobrenome e paradeiro.

Ouça nossa voz: A tristeza que urge

5 comentários em “A tristeza que urge

  1. Muito sensível! Jesuana.você consegue nos trazer em seu texto a delicadeza de uma bolha de sabão que pode estourar e ao mesmo tempo uma força inquebrantável. Fico pensando que às vezes é preciso estar triste, é direito também; mas é bom ser dono de si e dizer chega. E assim seguimos nesses últimos tempos.Obrigada por mais esta preciosidade.

    Curtir

  2. Jesuana… Muito banzo sim misturado com indignação, raiva dos fascistas, da crueldade … Como em Maria Maria “é preciso ter força … ter fé na vida” e aí é Resistência, ocupação.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: