Carranca

Carrancas vampiras, sucesso nas feiras de artesanato – Reprodução

… substantivo feminino

  1. carão
  2. cara feia
  3. semblante sombrio
  4. cara grande com expressão ameaçadora que se usa na proa das embarcações para espantar maus espíritos, segundo a crendice popular
  5. (Brasil e Folclorerosto ou busto humanos ou de animais, usada na proa dos barcos do rio São Francisco

https://pt.wiktionary.org/wiki/carranca, acesso em 20mai20.

Hoje acordei de calundu, de ovo virado, num mexe comigo. Que saco! Sai logo da minha frente! Nada pra mim tá prestando, não tô fazendo nada de bom!

Queria sair gritando e xingando todos os palavrões que conheço e inventar mais uns mil. Não encontrar ninguém na minha frente que mereça levar patada porque aqueles com quem tô irada, ah! esses é que não me queiram me encontrar, vão se arrepender do que não me fizeram, do que não me falaram, do que não me encararam e do que nunca me fizeram sem querer.

Sem querer, sem querer.

Hoje, tenho que comer e beber muito, porque só assim é capaz de me passar essa ânsia de revolta. Mau humor do cão! Isto se cura com bucho e rabão cheios! É por isso que “cara feia pra mim é fome!”

Hoje, não pisa no meu calo, num pega no meu pé, sai da minha aba que senão, óia, que senão…

Tô chutando lata, meio sem eira nem beira, e que tudo mais vá pro inferno! Óia se te pego, ai se não aguenta com as formiga não atiça o formigueiro!

Você vai ver! Vai ver só comigo!

Mexe…

Ouça nossa voz: Carranca.

9 comentários em “Carranca

  1. ” não mexe comigo, que eu não ando só”
    Tem dias que são mesmo assim. Gratidão por me lembrar das carrancas, do Rio São Francisco e dos dias que eu também acordo com a pá virada rsrs. Um abraço, linda.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Acho que vou copiar o texto e deixar pronto para alguns dias de furia justa! O texto faz lembrar de que temos o direito de sentir raiva, de expressar as insatisfações que a sociedade tenta nos fazer engolir.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Braveza literária!
    Coragem letrada!
    Texto maravilhoso.
    Carranca que abre caminhos.

    Proletários de todo o mundo – Uni-vos! – Na Carranca.

    “porque aqueles com quem tô irada, ah! esses é que não me queiram me encontrar, vão se arrepender do que não me fizeram”.
    Sai da frente…

    Curtir

    1. Muito bom ter vc como leitor, gratidão por tudo isso, pois sei que mais que apreciar, vc acredita em nosso trabalho. Mas principalmente valeu por ter batizando com imagens fortes e perfeitas esses inquietos escritos, quando estiver sem ideias vou te mandar um sos.

      Curtir

  4. Eu sempre tive curiosidade de saber oque eram as carancas , perguntava a minha mae e ela dizia.
    Coisa de macumba!
    eis que hoje sou macumbeira de corpo inteiro.
    E nao achei caranca no panteao …

    Curtir

  5. Carol, flor de delicadeza, kkkkkkkkkkkk, joga os bichos neles mesmo! Tô contigo! Vamos organizar uma horda de rebeldes pra nos defender, pois os ataques estão cada vez mais insuportáveis.
    Ainda bem q tenho vcs como amigxs. Penso, logo me revolto!

    Curtir

  6. Reza a lenda que ela criou o universo de numa única baforada, e quando está de banzo o engole em uma única tragada. Quem não tem medo dela? Só doido é que se mete a besta.
    Minha sorte é que comigo ela só mostra a face oculta da lua, que é toda candura.
    Delícia te ler.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: