Há um messias entre nós?

Francisco Goya- Saturno devorando um filho.

Jesuana Sampaio –

VAGABUNDA.
Ele me insultou com seu perfil fake após um poema desses que exaltam o sentimento profundo de humanidade frente à dor do luto.
BURRA.
ele me chamou com seu fake pseudônimo destilador de ódio.
Uma amiga sugeriu que eu deveria mandá-lo tomar no cú.
Toma no seu cu!
Seria uma boa alternativa, talvez.
Eu passei o dia todo trabalhando e não tinha acompanhado as redes sociais depois do momento poema.
O poema, que falava das mortes de entes queridos dos políticos e do choro junto independente de partido.
O poema que nem era sobre o PETÊ.
Era sobre humanidade e desumanidade. Será que ele entendeu?
Destilou ódio em um poema e toda minha conduta foi posta em cheque em um comentário ofensivo.
Nem viu que o poema não havia sido escrito por mim. Minha irmã, Sem terra, foi quem me mostrou o poema. Tão forte. Será que ele entendeu ?
No fim, tinha o nome de quem escreveu.
Será que leu todo ou só até a parte que viu palavras ativadoras de seus discursos de ódio acionando o modus operandi defensor do atual desumano despresidente?
Não importa de verdade o que é pensado sobre mim, isso não faz com que eu seja o que é dito, sei tão bem de mim, mas duas coisas ficaram evidentes:
1- Sou mesmo colocadeira de poemas no mundo;
2- Tentar desumanizar alguém pressupõe desumanidade em si mesmx.

Foi comemorado o dia do trabalho.
E eu ainda lembro da mulher, idosa, empregada doméstica, que morreu cuidando dos patrões que voltaram da Itália contaminados com o vírus. Eu me lembro dela e de uma fala desumana perante 5 mil mortes no país.
Há um messias do inferno entre nós, este, não é crucificado, é o que crucifica com a própria língua.
Crucificou em um mês, 5 mil pessoas.
Há um Messias do inferno entre nós.
Será que alguém vai gritar:
Crucificai-o!
Crucificai-o!
Crucificai-o!?

Ouça nossa: Há um messias entre nós.

6 comentários em “Há um messias entre nós?

  1. Eu não sei se me aborrece, entristece, indigna mais o próprio maldito ou ver que tantos o defendem a qualquer custo! Seu texto traz um cotidiano de ofensas que alguns disparam para qualquer e qualquer lado que não seja o dele. Estou mergulhando fundo por dentro para encontrar uma gota de otimismo… está difícil!

    Curtir

  2. Jesuana, minha cara, sua crônica deflagra as vilanias de uma parcela que estava calada e achou agora um meio de escancarar sua muideza, não conseguem absorver a contradição a complexidade que é o outro e tornaram-se inaptos diante da grandeza da vida. Percebendo a insignificância de si se apegam a tudo que os restou: o ódio. Uma pena que tenhamos que escrever sobre isto, sei que assim como eu querias cantar o que é belo. Quando não couber a flor, caberá o espinho!

    Curtir

  3. É tarefa dxs VATES cantar o futuro, olhar o mundo e apontar vícios e virtudes. A ignorância talvez seja o pior dos males, mas às vezes, como dizia Raulzito, é uma bêncão, que infelizmente não é oferecida aos artistas. Sigamos nossa sina-missão, muitos irão se opor, mas não podemos desistir!

    Curtir

  4. Seu texto é o retrato e a síntese da ausência de alcance que se instaura entre nós. O ódio inunda as línguas, transborda-se a apatia, a indiferença. Os avessos e as aversões causam náuseas, indignação.

    “Tentar desumanizar alguém pressupõe desumanidade em si mesmx.”

    São tempos em que, se permitimos, também nos roubarão nossa humanidade.

    Tentar desumanizar alguém pressupõe desumanidade em si mesmx.

    Curtir

  5. Nesse caso e em sua boca, vejo o “Toma no Cú” o mesmo que uma poesia.
    quando posta dessa maneira, direcionando a quem o merece. Ao Messias , nem seria pecado.

    Curtir

Deixe uma resposta para celanetomaz Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: